Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Terça-Feira, 28 DE Outubro DE 2014

Animais traficados e parentes de políticos do Piauí

A notícia vale ser reproduzida na íntegra:

Papagaios apreendidos com parentes de políticos“A mãe do prefeito de Redenção do Gurgueia, identificada como Solimar de Oliveira Parente Sousa, foi presa acusada de crime ambiental. A Polícia Civil acompanhou um oficial de justiça a casa do prefeito Delano de Oliveira Parente Sousa, onde foi encontrado um papagaio.

A prisão ocorreu no fim da tarde desta sexta-feira (24). O prefeito não estava no momento da apreensão e Solimar de Oliveira informou que teria ganhado a ave de presente.

"O juiz determinou que fosse averiguada a denúncia de crime ambiental e lá encontramos o animal silvestre. Como se trata de um crime de menor potencial ofensivo, ela foi encaminhada a delegacia e após a lavratura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi liberada", explica o Delegado Regional Juciê dos Santos.

Na mesma operação, a Polícia Civil apreendeu um papagaio e uma arara vermelha na residência de José Hamilton Lustosa de Andrade, genro do ex-prefeito de Redenção de Gurgueia, Moacir da Rocha Amorim. A pena prevista para quem cria animais silvestres varia entre seis meses a um ano de reclusão.

De acordo com Doze Batista, representante da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Semar), os animais serão encaminhados para Teresina na próxima segunda-feira (27) e deverão ficar no Zoobotânico.”
– matéria publicada em 25 de outubro de 2014 pelo site piauiense Cidade Verde

Esse espaço configura maus tratos para uma arara-vermelhaOs políticos, tanto do Executivo quanto do Legislativo, são parte da população. Portanto, é uma tremenda bobagem acusar a classe política de envolvimento com corrupção ou outras atividades ilícitas – como o tráfico de fauna – como se ela fosse um grupo completamente isolado, não formado por brasileiros comuns.

Os crimes ocorrem no poder público tanto quanto no restante da sociedade (lógico que com outras dimensões). Os que são eleitos para cargos no Executivo e no Legislativo, antes de políticos, são brasileiros como todos os outros. Ser corrupto não é parte do DNA dos que têm cargo político.

Portanto, para solucionar muitos problemas, antes de exigir dos políticos tais atitudes, a sociedade tem de modificar muitas de suas condutas. Em geral, o poder público (presidente, governadores, prefeitos e legisladores de todos os níveis) só funciona sob pressão e mediante demandas sociais.

No caso do tráfico de fauna e da criação ilegal de animais silvestres como bichos de estimação, enquanto tais condutas forem socialmente aceitas pela maioria dos brasileiros, será muito difícil que o poder público realmente se envolva no combate a esses ilícitos. Educar e conscientizar para mudar hábitos é difícil e demorado, mas formam o principal caminho para que as mudanças ocorram e sejam sólidas.

- Leia a matéria completa do site Cidade Verde

 

Postado por Dimas Marques às 00:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados