Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Segunda-Feira, 27 DE Outubro DE 2014

Iguanas explorados para o turismo no RN. Problema sem fim

“Uma operação da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Deprema) nesta sexta-feira (24) resultou na apreensão de sete iguanas que eram utilizadas para atividades turísticas nas dunas do litoral Norte do Rio Grande do Norte.

A apreensão aconteceu entre as praias de Pitangui e Muriú. De acordo com a Polícia Civil, os animais estavam cegos e alguns deles tinham a coluna vertebral lesionada. As iguanas eram usadas por comerciantes vender fotos dos turistas com os animais.

A exploração e a venda de iguanas nas dunas são crimes antigos

Cinco homens assinaram termo circunstanciado de ocorrência e três adolescentes assinaram boletim de ocorrência circunstanciado por utilização de animais silvestre para fins lucrativos e maus tratos.” – texto da matéria “Polícia apreende iguanas que eram usadas para turismo no litoral do RN”, publicada em 24 de outubro de 2014 pelo portal G1

Não é de hoje que o Fauna News comenta esse tipo de crime no Rio grande do Norte. Em 22 de março de 2013, o antigo Fauna News publicou “Só apreenderam um iguana sendo explorado? Ibama, isso é preguiça”. Na época um réptil foi encontrado também nas dunas da praia de Pitangui e comentário foi o seguinte:

Réptil apreendido em Pitangui em março de 2013“A exploração de iguanas e micos, usados para tirarem fotos com turistas deslumbrados com as belezas naturais do Rio Grande do Norte, é um abuso histórico e corriqueiro. Há anos isso ocorre de forma escancarada, tanto em Pitangui quanto em Genipabu. Sabendo disso, os bugueiros levam os visitantes para pontos onde estão os animais.

Por um trocado, o turista segura o animal ou até pode fazer pose com ele na cabeça. Por R$ 50, o visitante compra o iguana. O que os deslumbrados não sabem é que esses animais foram capturados ilegalmente na natureza. Em muitos casos, estão ali dopados e machucados para parecerem mansos e assim não atacarem.”

Iguana oferecida para ser fotografada em GenipabuÉ inacreditável a incapacidade dos órgãos de fiscalização do Rio grande do Norte em coibir essa prática. Mesmo que a legislação não puna exemplarmente esses exploradores criminosos, uma ação ostensiva e duradoura, além de um trabalho educativo com quem leva os turistas a esses locais, reduziriam bastante o problema.

Enquanto os infratores responderão pelo crime em liberdade e nunca serão punidos (pois a lei é fraca), os animais ficaram com a herança da perda da visão e lesões em suas colunas.

- Leia a matéria completa do portal G1
- Releia o post “Só apreenderam um iguana sendo explorado? Ibama, isso é preguiça”, publicado em 22 de março de 2013 pelo antigo Fauna News

Postado por Dimas Marques às 00:30

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados