Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Quarta-Feira, 01 DE Outubro DE 2014

Papagaios-boiadeiros em MG: cativeiro doméstico ou tráfico?

“Onze filhotes de papagaio-boiadeiro foram capturados na tarde desta segunda-feira (29) em uma fazenda na zona rural de Limeira do Oeste, no Triângulo Mineiro. A ocorrência foi registrada pela Polícia Ambiental e Rodoviária Estadual de Iturama, após denúncia anônima. De acordo com o sargento Clayton, as aves silvestres estavam dentro de uma caixa situada nos galhos de uma árvore. No ambiente havia uma mamadeira improvisada com alimentação, mas devido à idade as aves não conseguiam se alimentar sozinhas.

Os filhotes foram levados para a delegacia de IturamaO suspeito de manter os filhotes em cativeiro não foi localizado. Segundo o sargento, na fazenda estavam duas crianças e uma mulher grávida, que alegou não ter conhecimento e ser contrária à criação ilegal das aves.”
– texto da matéria “Filhotes de ave em risco de extinção são capturados em fazenda de MG”, publicada em 29 de setembro de 2014 pelo portal G1

A princípio o caso está sendo tratado como manutenção de animais silvestre em cativeiro sem autorização legal. Mas é preciso realizar uma investigação mais detalhada, afinal existe a possibilidade da coleta dos papagaios pelo infrator para venda.

Infelizmente, é possível que o caso não receba a atenção necessária. É raro encontrar nos pequenos e médios municípios brasileiros uma polícia investigativa (no caso, a Polícia Civil) interessada em apurar crimes contra a fauna. Essa realidade é resultado da falta de interesse do poder público em incentivar o trabalho dos policiais e da estrutura que eles têm no seu cotidiano (desaparelhados e cheios de outros crimes para acompanhar e preparar inquéritos).

Enquanto isso, quem perde em um primeiro momento é a biodiversidade e, futuramente, o próprio ser humano – que enfrentará as consequências de sua irresponsabilidade.

- Leia a matéria completa do portal G1

 

Postado por Dimas Marques às 10:32

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados