Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Sexta-Feira, 28 DE Novembro DE 2014

Reflexão para o fim de semana: armas para proteger rinocerontes da ganância humana

Homens treinados com técnicas militares protegem os animais dos traficantes de chifres

“Uma verdadeira guerra está sendo travada para proteger a vida dos rinocerontes brancos da África. Apesar da espécie ser uma das mais antigas do mundo, se algo não for feito para conter o comércio de chifres, os únicos seis rinocerontes brancos do mundo desaparecerão em poucos anos.

É por isso que soldados da Fundação Internacional Contra Caça Furtiva (IAPF, na sigla em inglês) estão lutando com armas contra bandidos e oferecendo cuidados específicos para os animais machucados.

A compra e venda de chifres de rinocerontes já se associou aos cartéis de droga e tráfico de armas. Apesar disso, as penalidades são insignificantes na África, de onde vem a maior parte dos chifres, e mal aplicada na Ásia, onde ele é revendido.

(...) A população de rinocerontes reduziu 96% em apenas 50 anos. Os rinocerontes da origem java também já desapareceram do mapa.”
– texto da matéria “Guerra dos rinocerontes brancos: homens armados lutam para proteger os únicos seis animais vivos”, publicada em 27 de novembro de 2014 pela Agência de Notícias de Direitos Animais (Anda) com base em textos-legendas do portal R7

Uma observação: segundo o biólgo e mestre em Zoologia Igor Morais, esses seis rinocerontes-brancos-do-note (Ceratotherium simum cottoni) são os últimos em vida livre. Outros três vivem em zoológicos: dois no San Diego Zoo Safari Park (EUA) e um no Dv?r Králové Zoo, na República Tcheca.

- Leia a matéria completa da Anda
- Leia o trabalho do portal R7

Postado por Dimas Marques às 00:05

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados