Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Sexta-Feira, 07 DE Novembro DE 2014

Reflexão para o fim de semana: o horror da medicina da morte

Lóris-lento que estava dentro de frasco com vinho

Foi noticiado em 3 de novembro de 2014 pelo site do jornal cambojano The Ponom Phen Post: a equipe de resgate da vida silvestre da organização Wildlife Alliance encontrou em uma loja da capital daquele país, Phnom Penh, animais mortos de 14 espécies raras e ameaçadas de extinção dentro de frascos com vinho de arroz. O produto era vendido como um elixir medicinal por 80 dólares a porção de 250 mililitros.

O lóris-lento é um primata da Ásia, bastante capturado também para ser criado como petDentre as espécies estavam lórios-lentos (primata), partes de ursos, de veados, de cobras e de serow (um tipo de gado selvagem). Detalhe: os lóris-lentos e as cobras são colocados vivos nos potes, onde morrem afogados. O dono do estabelecimento alegou não saber que é proibido tal comércio e foi multado em 2.500 dólares.
É esse tipo de demanda que tem levado à extinção várias subespécies de rinocerontes. O pó do chifre desses animais (feito do mesmo material que a unha e que tem o quilo mais caro que o do ouro) é considerado remédio em amplamente consumido no Vietnã e na China.

A ausência do poder público em disseminar informações, conscientizando a população sobre a ineficácia desses produtos, os danos ambientais e a crueldade contra os animais contribui para contribuir com tal comércio.

- Leia a matéria na íntegra do The Ponom Phen Post (em inglês)

Postado por Dimas Marques às 00:10

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados