Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Segunda-Feira, 03 DE Novembro DE 2014

Tristeza: morre um dos filhotes de tucano resgatados de traficantes em Ourinhos (SP)

A morte é companheira do tráfico de fauna. Faz parte da rotina de um crime cruel que retira estimados 38 milhões de animais silvestres da natureza brasileira todos os anos (dado de 2001 da Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres – Renctas). Seja durante a cadeia do comércio ilegal (captura/coleta, armazenamento, transporte, distribuição e venda), seja após a apreensão pelos órgãos de fiscalização, bichos morrem em grandes quantidades.

Em 30 de outubro Tucanos recém-nascidos apreendidosde 2014, o Fauna News comentou no post “Além de filhotes de papagaio, tucanos recém-nascidos foram apreendidos em SP” a apreensão de seis filhotes de tucano e 28 de papagaio pela Polícia Rodoviária Estadual em Ourinhos (SP). Os animais, que estavam vivos e escondidos em um fundo falso do veículo, vinham do Mato Grosso do Sul para serem vendidos em São Paulo. Eles foram levados para a Associação Protetora de Animais Silvestres de Assis (APASS), onde estão sendo cuidados.

Como muitas vezes acontece, o pior aconteceu para um dos tucanos e a APASS postou hoje (3 de novembro de 2014) em sua página no Facebook:

“Infelizmente nesse final de semana perdemos 01 filhote de tucano da apreensão, os outros 05 filhotinhos apesar de fraquinhos estão bem!”

Filhote que morreu na APASS

Para quem luta contra o tráfico de fauna, a morte é uma indesejável companheira. Vale lembrar que fatos como esse acontecem porque tem gente que compra os animais para criá-los como bichos de estimação.

Que essas pessoas saibam: vocês são cúmplices dessa e de tantas outras mortes. Vale a pena?

- Leia o post da APASS no Facebook
- Releia o post do Fauna News “Além de filhotes de papagaio, tucanos recém-nascidos foram apreendidos em SP”, publicado em 30 de outubro de 2014

 

Postado por Dimas Marques às 10:40

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados