Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Sexta-Feira, 05 DE Junho DE 2015

5 de junho: Dia Mundial do Meio Ambiente

Em 5 de junho de 1972 começava, em Estocolmo, na Suécia, a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, ou simplesmente Conferência de Estocolmo. O evento, que durou até o dia 16, foi o primeiro grande encontro de representantes de vários governos organizado pela ONU para discutir questões ambientais.

Pela importância da Conferência de Estocolmo, decidiu-se estipular a data de seu início como o Dia Mundial do Meio Ambiente. Mas para que serve essa data?

Podemos comemorar a recente evolução histórica humana que, mesmo que tardia, começou a preocupar-se com seu habitat e as demais formas de vida. Mas, acima de tudo, o Dia Mundial do Meio Ambiente é uma oportunidade para reflexão e conscientização.

Bugio apreendido na Bahia. Primata era vendido em uma estradaDevemos refletir o quando demoramos para admitir nossos erros e equívocos na exploração do planeta e tomar consciência que muito ainda tem de ser feito. Sobretudo porque há muita gente que não se deu conta dos tais erros e equívocos de nosso processo de ocupação da Terra.

Hoje, vamos ouvir falar muito sobre sustentabilidade, aquecimento global, crise hídrica, desmatamento e resíduos sólidos. Muitos outros temas relacionados à questão ambiental serão lembrados. Infelizmente, pouco será falado sobre o tráfico de animais silvestres e sobre os impactos da construção de estradas e rodovias sobre a fauna – temas abordados pelo Fauna News.

Por isso, nós, do Fauna News, separamos alguns números que ajudam a dimensionar o comércio ilegal de silvestres e os atropelamentos de animais em estradas e rodovias.

Tráfico de animais silvestres
• O tráfico de animais é o 3º ou o 4º crime mais lucrativo do mundo.
• O mercado negro de fauna movimenta entre 10 bilhões e 20 bilhões de dólares por ano no mundo.
Filhotes de papagaios apreendidos com traficantes• O Brasil é responsável entre 5% e 15% de todo o tráfico de animais do mundo.
• Estimativas indicam que 12 milhões (Associação dos Amigos de Petrópolis - Patrimônio, Proteção aos Animais, Defesa Ecológica - APANDE) ou que 38 milhões (Renctas) de animais são retirados da natureza no Brasil para o tráfico.
• Entre 60% e 70% do comércio ilegal de animais no Brasil é para abastecer o mercado interno.
• Cerca de 80% dos animais apreendidos do tráfico no Brasil são aves.
• Estima-se que 95% do mercado de animais silvestres no Brasil seja ilegal.
• O tráfico de fauna é a 2ª causa de extinção de animais no Brasil, atrás apenas da perda de habitat.
• Mais de 180 doenças (zoonoses) podem ser transmitidas para seres humanos por animais vítimas do tráfico.
• A pena para o crime de compra, venda, manutenção em cativeiro de animais silvestres é de seis meses a 1 ano de prisão. (Lei de Crimes Ambientais)
• Estima-se que 60 milhões de brasileiros possuem animais silvestres.

Atropelamentos de animais silvestres em estradas e rodovias
(fonte: Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas)
Fêmea de tamanduá-bandeira e seu filhote mortos atropelados em rodovia de MG• 15 animais morrem atropelados a cada segundo nas estradas e rodovias do Brasil.
• 1.260.000 animais morrem atropelados por dia nas estradas e rodovias do Brasil.
• 475.000.000 de animais morrem atropelados por ano nas estradas e rodovias do Brasil.
• 90% das mortes são de pequenos vertebrados, como sapos, cobras e pequenas aves.
• 9% das mortes são de vertebrados de médio porte, como gambás, lebres e macacos.
• 1% das mortes é de vertebrados de grande porte, como onças-pardas, lobos-guarás, onças-pintadas, antas e capivaras.
• Animais podem ser afetados a mais de 1.000 metros da estrada ou rodovia.
• 1,7 milhão de quilômetros é a extensão da malha viária brasileira.
• Mais de 257.000.000 de animais morrem atropelados em estradas pavimentadas por ano no Brasil.
• Mais de 218.000.000 de animais morrem atropelados em estradas não pavimentadas por ano no Brasil.

Agora, que tal compartilhar com seus amigos e conhecidos? Informação ajuda a mudar comportamentos.

Postado por Dimas Marques às 00:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados