Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Sexta-Feira, 12 DE Junho DE 2015

Educando sobre animais ameaçados: Livro Vermelho das Crianças

“O Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) lançou, em cooperação com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o Livro Vermelho das Crianças, com o objetivo de familiarizar crianças com temas como a proteção da fauna brasileira ameaçada de extinção e popularizar a ciência como ferramenta de conservação da natureza.

Desenhos foram feitos por crianças que participaram de um concurso

Ilustrado com desenhos de 76 crianças de diversas regiões do Brasil, a maioria delas participante do Concurso de Desenhos Infantojuvenis Animais em Perigo, o livro apresenta a fauna como protagonista de histórias capazes de despertar a afetividade no público leitor.

O livro, de autoria de Otávio Maia e Tino Freitas, reúne histórias de 50 bichos ameaçados de extinção como a aranha-chicote, o peixe-boi-da-amazônia, o tamanduá-bandeira, entre outros.

Traz, ainda, citações de obras de autores como Guimarães Rosa, Helmut Sick, João Simões Lopes Neto, Orlando e Cláudio Villas Bôas e Patativa do Assaré, além de desenhos atribuídos a um dos filhos de Charles Darwin, provavelmente Francis Darwin, no verso de uma das folhas do manuscrito original de A origem das espécies (1859). De acordo com Cecília Leite, diretora do Ibict, o Livro Vermelho das Crianças contribui para a divulgação científica, já que oferece informação e conhecimento capazes de influenciar o leitor sobre questões relevantes da sociedade.

O Livro Vermelho das Crianças pode ser acessado gratuitamente no site livroaberto.ibict.br/handle/1/1056.”
– texto da matéria “Ibict lança Livro Vermelho das Crianças”, publicada em 11 de junho pela Agência Fapesp

Capa do livroA iniciativa é ótima e o trabalho muito bem feito. Para cada espécie abordada, uma história envolvendo os próprios animais. No pé das páginas, estão informações sobre os bichos e a classificação de seu estado de conservação.

As crianças podem lê-lo e, sobretudo, pais e professores podem utilizar a obra para sensibilizar e educar a criançada. Conscientizar crianças – que são agentes multiplicadores desses conhecimentos ao levar tais informações para casa e para as pessoas de seu convívio – é investir em redução de tráfico de fauna, caça, perda de habitat, maus tratos e todas as consequências ruins que tais atitudes geram para o meio ambiente e a saúde humana.

Utilize, divulgue, compartilhe entre as pessoas que você conhece. O livro pode ser baixado gratuitamente.

- Leia a matéria da Agência Fapesp
- Baixe a obra gratuitamente

Postado por Dimas Marques às 00:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados