Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Terça-Feira, 02 DE Junho DE 2015

Tamanduás atropelados no PA e em MG

Dois tamanduás foram atropelados em rodovias do Pará e de Minas Gerais. Em 28 de maio, um dos animais foi resgatado vivo na BR-163, próximo de Santarém (PA). Já o segundo caso, ocorrido em 1º de junho, ocorreu a morte de uma fêmea que estava com filhote – que sobreviveu.

Sobre o ocorrido no Pará, vale destacar a proximidade do local com a Florestal Nacional do Tapajós.

Tamanduá resgatado no Pará“Um tamanduá foi resgatado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta quinta-feira (28) às margens da Rodovia BR-163, próximo ao município de Santarém, no Pará. O animal havia sido atropelado e apresentava alguns ferimentos.

A unidade operacional da PRF em Santarém levou o tamanduá para Zoológico das Faculdades Integradas do Tapajó (FIT), onde o animal recebeu o tratamento devido.

Segundo a polícia, é comum o atropelamento de animais ao longo da Rodovia BR-163 por conta do trecho de matas e da Floresta Nacional do Tapajós.”
– texto da matéria “Tamanduá ferido é resgatado pela PRF na BR-163”, publicada em 28 de maio de 2015 pelo site ORM News

Estradas e rodovias que cortam ou estão próximas de unidades de conservação, como parques, estações ecológicas, reservas biológicas e tantas outras, deveriam ter atenção especial do poder público. Nessas vias, além de reforço na fiscalização das polícias, sinalização, redutores de velocidade, radares, passagens de fauna, cercas e toda uma série de ferramentas deveriam ser implantados para diminuir os atropelamentos de animais. Essas áreas são bolsões de vida silvestre extremamente importantes e que estão cada vez mais sufocados pela urbanização e a presença humana.

O caso de Minas Gerais é bastante trágico, já que, além da morte de uma fêmea de tamanduá-bandeira, deixou um órfão. O resultado desse atropelamento é a ausência imediata de dois animais de seu ecossistema, já que dificilmente o filhote retornará à natureza. Repare que não estamos levando em conta o fato de que a perda da tamanduá resulta na interrupção de uma reprodutora saudável que não poderá mais incrementar as futuras gerações da espécie na região.

Filhote que sobreviveu em Minas Gerais“Polícia Militar Rodoviária (PMR) capturou, na manhã dessa segunda-feira (1º), um filhote de tamanduá bandeira na MGC-455, em Uberlândia. A equipe foi acionada para fazer o recolhimento do filhote após um motorista ter atropelado a mãe do animal.

Conforme disse a polícia, o homem informou que tentou desviar do animal que atravessava a pista, mas não conseguiu. A PMR disse ainda que ele capturou o filhote e ficou no local até a chegada da equipe”
– texto da matéria “Filhote órfão de tamanduá é capturado na MGC- 455 após atropelamento”, publicada em 1º de junho de 2015 pelo portal G1

- Leia a matéria do ORM News
- Leia a matéria completa do portal G1

 

Postado por Dimas Marques às 00:10

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados