Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Quarta-Feira, 16 DE Março DE 2016

Olha o Bicho! - Urutau

Muitas pessoas associam a ave ao mau agouro. E quando não a matam, solicitam seu recolhimento para a polícia ambiental.

Por Luciana Ribeiro
lucianaribeiro@faunanews.com.br

Nomes populares: urutau, mãe-da-lua
Nome científico: Nyctibius griseus
Estado de conservação: “pouco preocupante” na lista vermelha da IUCN e sem classificação na Lista Nacional Oficial de Espécies da Fauna Ameaçadas de Extinção

O urutau é personagem importante das culturas sertaneja e indígena. São inúmeras as lendas a seu respeito. O nome de origem guarani (guyra + tau) significa “ave fantasma”. Faz sentido.São poucas as pessoas que já viram um urutau ou ouviram seu canto. No Brasil há cinco espécies de urutaus e o mais comum é o Nyctibius griseus - do grego nuktos, que significa noite, e bios, que significa viver, ou seja, “aquele que vive à noite”, e do latim griseus, cinzento, grisalho. Sim, este é um pássaro de hábitos noturnos.

Ocorre em todo o país, sendo bastante comum em bordas de florestas, campos com árvores e cerrados. Também é encontrado da Costa Rica ao Uruguai. O urutau se reproduz nos meses quentes e bota apenas um ovo. Não constrói ninho, colocando o ovo - camuflado - em forquilhas de galhos.

O urutau é uma ave que se camufla. A coloração das penas, de acinzetada a marrom, com pintas e manchas pretas, cinzentas e beges, de vários tamanhos e formas, é fundamental para isso. Sua cabeça é larga e achatada, o bico pequeno e os olhos bem grandes. As asas e a cauda são longas, o corpo é robusto e as pernas são curtas. Não é o que costumamos chamar de um pássaro bonito, mas é muito intrigante, sem dúvida. Uma ave única.

Vive na ponta de troncos mortos ou de mourões de cercas, se camuflando totalmente a eles, e nunca desce ao chão. Fica imóvel durante o dia e quem passa por ele acredita estar vendo um pedaço de galho morto. Esse poder de camuflagem é tão bom que, apesar de ser encontrado nas árvores de grandes cidades, raramente é visto.

Da cor da madeira...É uma ave insetívora, que gosta de caçar besouros, mariposas e outros animais em voo. Esse tipo de caça é facilitada pelo formato do conjunto bico e boca do urutau. Enquanto o bico é pequeno, com cerca de dois centímetros, a boca aberta chega a quase oito centímetros de diâmetro, podendo abocanhar um punho humano fechado. 

Os olhos enormes são outra característica que chama a atenção no urutau. O globo ocular grande é fundamental para ele enxergar bem à noite. Mas isso não é o mais incrível dessa ave: uma peculiaridade muito curiosa é o fato dele poder enxergar tudo o que acontece à sua volta mesmo com os olhos fechados. Uma pequena prega nas pálpebras permite essa mágica.

Também muito marcante é o canto do urutau. São três, quatro ou mais notas, sempre decrescentes. Lembra um lamento. Certamente impressiona quem o ouve no meio da noite. Infelizmente, muitas pessoas associam essa ave ímpar ao mau agouro. E quando não a matam, solicitam seu recolhimento para a polícia ambiental, que acaba levando-a para centros de triagem ou soltando em outro local.

Postado por Dimas Marques às 00:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados