Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Quarta-Feira, 31 DE Agosto DE 2016

Perícia trabalha no caso das cabeças de onças do Pará. Pelo menos 19 foram mortas

Em 29 de agosto de 2016, o Fauna News publicou “Horror! Seis cabeças de onças em freezer no Pará” com comentários sobre a detenção de três homens e a apreensão de seis cabeças de onças em um freezer, peles e outras partes de animais no interior do Pará. A Polícia iniciou as investigações e a perícia já apresentou algumas conclusões.

Pelo menos 19 onças foram mortas“O material apreendido na última sexta-feira (26) em Curionópolis, sudeste do Estado, foi periciado nesta terça-feira (30). A perícia criminal analisou cinco cabeças de onça pintada, uma de onça parda, cinco crânios de onças e seis peles de felinos.

Uma operação da Polícia Militar encontrou as partes dos animais escondidos dentro do congelador de uma casa. Depois que o material foi descongelado a perícia descobriu que cada uma das peles apreendidas é um animal diferente. Pelo menos 19 onças foram mortas.

Para a Polícia, a ação pode ter sido realizada por uma quadrilha especializada em tráfico internacional de animais silvestres. "Temos um padrão de corte de cabeça, de couro com cabeça até a pata, temos patas, temos testículos, que nos induz a uma possível biopirataria aqui na região. Além dos crânios dissecados, que servem como troféu", explica o perito criminal Felipe Sá.

De acordo com a polícia, um dos homens suspeitos do crime contra a fauna informou em depoimento apenas que tinha o costume de caçar. "Eu percorro a região há mais de cinco anos, temos mais de um milhão de hectares e nenhum crime parecido com esse já vimos", afirma Vitor Garcia Neto, agente de fiscalização do ICMBio.

Polícia suspeita que o crime é trabalho de uma quadrilha de tráfico internacional de animaisPara o chefe da Floresta Nacional do Carajás, Frederico Drumond, essa perda para a fauna brasileira é inestimável. "É um animal que vai sendo retirado da natureza nessa voracidade e a capacidade de reposição não é das melhores, o que fortalece a tendência de ameaça de extinção que a espécie já se encontra", comenta.”
– texto da matéria “Polícia investiga tráfico internacional de animais silvestres em Curionópolis”, publicada em 30 de agosto de 2016 pelo portal G1

Que as investigações continuem e que não se espere muito dos depoimentos dos envolvidos – o risco de cadeia para eles é mínimo, portanto não há motivos para contar com a colaboração deles. Se há uma quadrilha de tráfico de animais e partes de animais (especializada em grandes felinos), que seja desbaratada e o caso bem divulgado para mostrar aos gestores públicos a necessidade de investir em um projeto sério, amplo e permanente de combate ao tráfico de fauna silvestre. É urgente a necessidade de políticas públicas, de uma política de Estado voltada para a gestão da fauna silvestre brasileira.

- Leia a matéria completa do G1
- Releia publicou “Horror! Seis cabeças de onças em freezer no Pará”, publicada pelo Fauna News em 29 de agosto de 2016

Postado por Dimas Marques às 12:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados