Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Sexta-Feira, 30 DE Setembro DE 2016

Reflexão para o fim de semana: CITES proíbe comércio internacional de pangolins

Os pangolins são considerados os animais mais traficados do mundo

"O comércio internacional de todas as espécies de pangolim, um pequeno mamífero em risco de extinção, passou a ser proibido nesta quarta-feira (28), após uma votação em Johannesburgo.

O pangolim, animal em risco devido à caça clandestina, recebeu o nível máximo de proteção contra o comércio ilegal na Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção (Cites), em uma tentativa de salvá-lo.

Até agora, o comércio das oito espécies conhecidas desse mamífero insetívoro com escamas, que vive na África e no Sudeste Asiático, estava legalmente regulamentado. Após a votação, porém, ficaram inscritas no anexo I da Cites, o qual proíbe o comércio de espécies em risco de extinção.

“O comitê aceita que todos os pangolins – africanos e asiáticos – sejam inscritos no anexo I”, indicou a Cites, nesta quarta-feira (28), em sua conta no Twitter.

“É uma enorme vitória e uma boa notícia incomum para uma das espécies mais ameaçadas do mundo”, declarou Ginette Hemley, chefe da delegação da organização mundial para a proteção da natureza, WWF.

“Isso coloca fim às questões sobre a legalidade do comércio. Isso tornará mais difícil o tráfico dos criminosos”, acrescentou, convocando os 182 Estados-membros da convenção a “fazer a decisão ser respeitada rapidamente”.

“Daqui a dez anos, todos os pangolins ficarão fora dos menus”, advertiu a delegação da Nigéria, que sugeriu essa iniciativa." - texto da matéria 'Comércio internacional de pangolins fica proibido", publicada em 28 de setembro de 2016 pelo site da revista Isto É

Só para lembrar, os pangolins são traficados por causa de sua carne (consumida na Ásia), de suas escamas de queratina (usadas por chineses e vietnamitas como remédio), e por considerarem, na África, que afastam o mau-olhado.

- Leia a matéria completa da Isto É

Postado por Dimas Marques às 00:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados