Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Quinta-Feira, 10 DE Novembro DE 2016

Fauna e Estradas - Me entiendes?

O projeto Vías Amigables con La Vida Silvestre é da Costa Rica

Por Andreas Kindel
Biólogo, professor associado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e coordenador do Núcleo de Ecologia de Rodovias e Ferrovias da mesma universidade (NERF-UFRGS)
estradas@faunanews.com.br

Durante os últimos três dias encontraram-se em Lavras, Minas Gerais, mais de 120 estudantes e profissionais dedicados a avaliar e manejar os impactos de infraestruturas viárias sobre a biodiversidade, em especial a fauna. Foi a primeira edição do Congresso Iberoamericano de Biodiversidade e Infraestrutura Viária, que trouxe um novo sotaque ao já tradicional Congresso Brasileiro de Ecologia de Estradas, com a presença de participantes de cinco países latino-americanos, além de Portugal.
 
Mas, além da oportunidade de testar ou experimentar o portunhol, para que serve um congresso como esse? 

Inspiração e cooperação são, com certeza, as melhores palavras para sintetizar o impacto destes encontros.
 
Todos sabem a complexidade dos desafios envolvidos em entender e, sobretudo, diminuir os efeitos de rodovias. Foram muitas as experiências e abordagens compartilhadas, das quais resolvi destacar duas:

Da Costa Rica destaco a experiência das Vías Amigables con La Vida Silvestre (página do Facebook), pela vibração da sua comunicação visual e pelo esforço de chamar a atenção do público em geral para o problema da mortalidade de fauna em estradas e a articulação de políticas públicas.

De Portugal veio a experiência mais impressionante, pela sua complexidade, abrangência e intensidade de integração entre ciência  e ações de conservação. O projeto Life Lines se propõe a testar e disseminar uma série de ações e tecnologias para minimizar os impactos de rodovias, buscando promover a implantação das Infraestruturas Verdes.

São apenas alguns dos exemplos de ações de pesquisa, políticas públicas e educação ambiental que resultam em uma enorme injeção de ânimo, um diversificado banco de ideias e, mais do que tudo, uma ampla rede de potenciais colaboradores.

Gracias!

Postado por Dimas Marques às 20:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados