Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Segunda-Feira, 09 DE Janeiro DE 2017

Jiboia rara furtada de museu em Manaus é encontrada

Em 3 de janeiro de 2017, o Fauna News publicou o post “Jiboia rara é furtada de museu no Amazonas” em que comentava o desaparecimento de duas jiboias do Museu da Amazônia (Musa). Uma delas era uma jiboia-arco-íris, considerada bastante rara. A outra era uma jiboia “comum” (Boa constrictor).

Pois essa jiboia rara foi encontrada pela polícia.

A jiboia-arco-iris recuperada“Uma das jiboias que foi furtada do Museu da Amazônia (Musa), localizado na Reserva Florestal Adolpho Ducke, no bairro Cidade de Deus, na Zona Norte, no fim de dezembro, foi recapturada na manhã deste sábado (7), por policiais da Delegacia Especializada em Meio Ambiente (Dema) e devolvida ao Musa.

De acordo com o delegado titular da Dema, Samir Freire, a jiboia arco-íris (considerada rara) foi recapturada em uma casa no mesmo bairro. O suspeito de ter furtado as cobras é um ex-colaborador do Museu, de apenas 18 anos. Ele teria roubado os animais para vender e sustentar o vício de usar drogas.

Segundo Samir Freire, o suspeito foi identificado como Fabrício de Almeida Neves, 18. Ele confessou que roubou as cobras e que vendeu uma delas para “fazer sapato de couro” por R$ 100. A outra jiboia ainda não foi localizada, mas as investigações continuam entorno do caso.

Fabrício foi identificado através de denúncias e levado para a delegacia onde foi indiciado pelo furto. Como estava fora do flagrante, ele será ouvido e responderá pelo crime em liberdade.”
– texto da matéria “Jiboia rara furtada do Museu da Amazônia é recapturada em Manaus”, publicada em 7 de janeiro de 2-17 pelo site do jornal A Crítica (Manaus)

O couro da jiboia-arco-íris reflete várias cores quando exposta à luzO rapaz que furtou as jiboias havia participado de um projeto no museu, por isso conhecia o local. O animal foi encontrado em uma caixa e sofreu pequenos arranhões adquiridos por conta de manuseio incorreto. Sobre a outra jiboia, ela afirma tê-la vendido na região central de Manaus. Tomara que a polícia a encontre.

Em nosso comentário no post de 3 de janeiro, afirmamos que as instituições que mantêm fauna em cativeiro no Brasil ainda carecem de sistemas de segurança eficientes. Em Manaus, a polícia investiga furtos de outros animais e existe a possibilidade de uma quadrilha de traficantes de silvestres estar agindo na cidade.

- Leia a matéria completa de A Crítica
- Releia o post do Fauna News “Jiboia rara é furtada de museu no Amazonas”, de 3 de janeiro de 2017
- Releia o post do Fauna News “Furtos de animais em Manaus não são novidade. É tráfico de fauna”, publicado em 5 de janeiro de 2017

Postado por Dimas Marques às 00:10

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados