Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Segunda-Feira, 16 DE Janeiro DE 2017

No poder público, os mesmos problemas encontrados na sociedade

Por Dimas Marques
Jornalista, pesquisador do Diversitas-USP e editor responsável do Fauna News
dimasmarques@faunanews.com.br

Pensar que os representantes do poder público são uma classe diferenciada da sociedade, seja para o bem ou para o mal, é um erro. Quem ocupa cargos do Executivo e do Legislativo são pessoas comuns, que fazem parte da sociedade e, por isso mesmo, espelham o que acontece na própria sociedade. É assim quando abordamos a corrupção, e é assim também quando tratamos da forma como lidamos com nossa fauna.

aves e armas apreendidas na casa do vereador Ari de Pauli“O presidente da Câmara de Vereadores do município de Cruzaltense, no Norte do Rio Grande do Sul, foi preso, na quarta-feira (11), em flagrante por porte de arma de fogo. Ari de Pauli foi eleito vereador pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

Uma operação coordenada pela Polícia Civil e Brigada Militar realizou buscas na casa do vereador. Foram encontradas duas espingardas, vários cartuchos, material para recarga de munição, além de três armadilhas para captura de animais silvestres e uma gaiola contendo quatro pássaros de espécie não determinada.

Ari de PauliDe acordo com a polícia, Ari de Pauli pagou fiança no valor de o valor de R$ 2,5 mil e foi liberado. Ele responderá por posse ilegal de arma de fogo e crime ambiental.”
– texto da matéria “Presidente de câmara municipal no RS é preso por porte de armas”, publicada em 12 de janeiro de 2017 pelo portal G1

O descaso de boa parte da sociedade brasileira com a fauna silvestre também tem sua representação política. É comum encontrarmos pessoas que caçam ou mantém animais silvestres em cativeiro (como os passarinhos nas gaiolas ou papagaios nos poleiros), portanto, também não devemos nos surpreender quando representantes do poder público brasileiro também mantenham tais costumes.

O que acontece na política e com os políticos é reflexo do que acontece em toda a sociedade.

E mesmo quem não caça ou não cria animais silvestres como bichos de estimação, muitas vezes, têm um comportamento permissivo com tais atitudes e comportamentos. É assim também com a imprensa que, no caso veiculado pelo G1, deu mais importância ao fato de o vereador ter armas ilegais do que manter vidas aprisionadas em gaiolas.

- Leia a matéria no portal G1

Postado por Dimas Marques às 00:05

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados