Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Sexta-Feira, 07 DE Abril DE 2017

Um mergulho na imagem: arara-azul-de-lear traficada volta para casa

Rrepresenates do governo brasileiro e argentino no momento da entrega da arara, ainda no aeroporto

“Eram pouco mais de 9h desta quarta-feira (05) quando o avião da Aerolíneas Argentinas pousou no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, trazendo um passageiro muito especial: uma arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari), apreendida no país vizinho.

A ave, repatriada após acordo que envolveu o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o Ibama e embaixadas e ministérios do Meio Ambiente dos dois países, foi recebida pelo diretor do Departamento de Conservação e Manejo de Espécie do ministério brasileiro, Ugo Vercillo, e pelo superintendente do Ibama/SP, Murilo Rocha. 

Ela foi entregue às autoridades brasileiras pelo diretor de Fauna Silvestre e Conservação da Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente argentino, Santiago D´Alessio, que acompanhou todas as negociações e fez questão de participar do voo de volta para casa da arara-azul-de-lear.

“Essa repatriação é um marco. Ela demonstra o interesse e cooperação dos dois países para preservação e conservação da espécie”, destacou o diretor, ao lembrar que o animal foi apreendido no bairro de Flores, em Buenos Aires, em 2007. Ela foi vítima do tráfico no Brasil.

Segundo Vercillo, o governo da Argentina entrou em contato com o Brasil para repatriar a ave. No entanto, foi necessário aguardar o julgamento do crime ambiental tramitar na justiça portenha para que a devolução pudesse ser concluída. Nesse período, a arara foi custodiada pela justiça no Zoológico de Buenos Aires.” – texto da matéria “Repatriada, arara-azul-de-lear já está no Brasil”, publicada em 5 de abril de 2017 pelo site do ICMBio

- Leia a matéria completa do ICMBio

Postado por Dimas Marques às 20:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados