Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Sexta-Feira, 29 DE Dezembro DE 2017

Photo Animal: Os votos do nosso fotógrafo para 2018

Marcelo Calazans: que as ações voltadas para a conservação da natureza aumentem exponencialmente

Por Marcelo Calazans
Técnico em agropecuária, administrador de empresas e fotógrafo. Foi professor da disciplina Fotografia de Natureza pelo Senac-MS
photoanimal@faunanews.com.br

2018 está aí em nossos calcanhares, e as teorias da conspiração sobre ele começaram...

Diversas previsões rondam a internet cobrindo os mais variados temas. Uns sérios e úteis, mas a grande maioria não. Nós, seres humanos, temos o costume de especular sobre qualquer que seja o assunto e a bola da vez é o ano de 2018. Buscamos um padrão qualquer e o relacionamos com aquilo que nosso subconsciente já elencou como necessidade para nossas vidas, de acordo com nossas rotinas.

Faltam poucos dias para que os fogos de artifício comecem a explodir (detesto essa parte, acho desnecessária), as taças de champanhe sejam erguidas e mais um ano se inicie. Então vou colocar aqui o balanço de 2017 e o que espero de 2018, dos resultados do que fiz em 2017 e do que pretendo fazer ano que vem.

O primeiro passo é AGRADECER. Agradecer a tudo de bom e de ruim que aconteceu, pois só assim adquirimos experiência e maturidade para continuar nossa caminhada por aqui. Agradecimento em especial ao Dimas, responsável pelo Fauna News, que me deu a oportunidade de compartilhar meu pouco conhecimento sobre fotografia de natureza aqui com vocês. Acredito que absorção de conhecimento sem o compartilhamento do mesmo não serve para nada. Então faço questão de dividir o pouco que sei e fico extremamente grato pela chance de fazer isso. Espero que durante 2017 meus artigos tenham sido úteis para vocês e desejo isso em dobro para 2018, assim como desejo a continuidade do site e sua expansão e alcance, pois considero uma ferramenta extrema no que diz respeito a conscientização e educação ambiental. Que esse material sirva de ponto de partida na fotografia de natureza ou como reforço daquilo que vocês já sabem. Coisas que desejo de todo coração! 

Continuarei firme ano que vem, eu e o Fauna News! Em relação aos outros assuntos que regem a nossa vida, como política, eleições, os rumos do país e a economia, só uma coisa a dizer: vivemos em um país onde os governantes (em todas as escalas) NÃO FAZEM QUESTÃO de investir nos três pilares básicos que são os responsáveis pela existência de uma sociedade justa e harmônica: educação, saúde e segurança. Isso garante que as atuais e futuras gerações (com exceções, claro) não tenham capacidade intelectual, emocional e física de esboçar uma reação ou começar/liderar uma mobilização de massa para mudar esse panorama.

Criam-se ideologias político-partidárias diferentes em mínimos pontos justamente para nos dividir, criando uma turba fanática e manipulada pelos interesses escusos e corruptos desses “representantes” do povo, verdadeiros soldados que brigam pelos que os escravizam. Não acredito em mudanças através de eleições, pois é só mais uma ferramenta a favor da perpetuação da corrupção.

Então, qual a saída?

Cabe ao povo apontar essa saída... Só desejo que em 2018 isso aconteça da melhor forma possível e que seja apenas o primeiro passo para que nossa nação saia desse abismo colossal em que se encontra e se torne a sociedade justa em todos os aspectos que os honestos e trabalhadores tanto lutam para acontecer. Que não caiamos nas falsas promessas dos muitos “salvadores da pátria” que surgem em ano de eleição. Que tenhamos mais interesse sobre tudo o que nos cerca e comanda. E que façamos a nossa parte para que isso aconteça.

Que em 2018, a preocupação e as ações voltadas para a conservação da natureza aumentem exponencialmente e que a raça humana aprenda e pratique o verdadeiro sentido da COEXISTÊNCIA... Que saibamos amar e perdoar mais e também respeitar a vida como um todo...

Desejo a todos um 2018 com tudo isso! Abraço e até!

A vida sempre encontra um meio. Sejamos assim!

Postado por Dimas Marques às 00:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados