Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Segunda-Feira, 21 DE Janeiro DE 2019

Começar a semana pensando...

...sobre o crime de mutilar animais para ficar com suas partes: os suvenires tétricos.

Onça atropelada antes de ter suas partes arrancadas“É sim (um crime). Mesmo que ele não mate, não pode ter. Tanto quem mata, como quem compra ou pega uma parte para empalhar cabeça, ou coisa parecida, incorre aos mesmos crimes. Não se pode consumir produto ou subproduto oriundo de animais silvestres”.

Robson Esteves, analista ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), na matéria Roubo de cabeça e patas de onça atropelada é crime, diz analista ambiental, publicada em 14 de janeiro de 2019 pelo portal jornalístico A Crítica (Manaus – AM)

A declaração foi dada pelo fato de uma onça-pintada ter morrido atropelada e morta em Roraima e, posteriormente, suas patas e cabeças foram retiradas do cadáver. Sobre o caso, veja em Cabeça e patas de onça-pintada: suvenires tétricos, lembranças de um massacre, publicado pelo Fauna News em 19 de janeiro de 2019

- Leia a matéria completa de A Crítica

A mesma onça, já sem cabeça e patas

Postado por Dimas Marques às 12:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados