Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Quinta-Feira, 14 DE Fevereiro DE 2019

Fauna e Estradas - A carnificina do verão

Jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris) atropelado na Estrada do Mar

Por Gabriela Schuck de Oliveira
Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e mestranda junto ao Núcleo de Ecologia de Rodovias e Ferrovias (NERF) da mesma instituição
estradas@faunanews.com.br

Verão é época de festas, férias e curtição para as pessoas, mas também pode ser o período com as maiores fatalidades de animais silvestres nas estradas.

Uma boa parcela dos animais escolhe os meses quentes para a reprodução por ter condições ambientais favoráveis para gerar uma prole. Para isso, é preciso deslocar-se para encontrar um parceiro e também um local seguro para o nascimento do filhote. Porém, nesse deslocamento eventualmente é necessário cruzar estradas. 

O aumento de temperaturas também pode ser favorável para os répteis, animais que utilizam o calor externo para controlar a sua temperatura corporal (termorreguladores). O asfalto das rodovias aquecido pelo sol pode ser um bom lugar para se termorregular, o que permite que frequentemente esses animais sejam vistos parados sobre o piso quente aquecendo seus corpos.

Além dessas características comportamentais de muitos animais no verão, as pessoas também costumam deslocar-se para o litoral ou para outros pontos turísticos, aumentando o fluxo de veículos nas estradas. Com isso, é notável o aumento de animais atropelados nas rodovias, principalmente de répteis) nessa época. 

Campanha de verão de 2003 sobre os perigos de trânsito marítimo. Também pode ser refletido para todas as espéciesPorém, esses atropelamentos não ocorrem apenas em rodovias. Como já mencionado, as atividades humanas nas praias aumentam no verão (inclusive com carros na beira da praia), impactando ainda mais esse local.

Recentemente foi noticiado o atropelamento de uma tartaruga-marinha por uma moto aquática em Santos (SP), notícia com bastante repercussão nas redes sociais. O fato despertou a discussão sobre atropelamentos de animais silvestres durante o verão.

Então, fica o aviso para todas as pessoas que tiram férias nessa época, viajam pelas estradas e realizam atividades marítimas: que o verão seja um período harmonioso não apenas para os humanos, mas também para as outras espécies. Tenham atenção redobrada nas rodovias, evitem pegar estradas a noite e em horários propícios à atividade de animais silvestres (amanhecer e anoitecer), respeitem as regras de trânsito terrestre e marítimo e não trafeguem em alta velocidade!

Tartaruga-verde (Chelonia mydas) atropelada por moto aquática em Santos (SP)

 

Postado por Dimas Marques às 23:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados