Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Sexta-Feira, 08 DE Fevereiro DE 2019

Na Linha de Frente - Polícia Rodoviária Federal planeja ações contra tráfico de fauna e caça

Policiais na sede da Academia Nacional da PRF

Por Paulo Henrique Demarchi
Formado em Administração e pós-graduado em Gestão Ambiental. É instrutor de Fiscalização Ambiental da Polícia Rodoviária Federal e membro do Grupo de Enfrentamento aos Crimes Ambientais da corporação
nalinhadefrente@faunanews.com.br

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou entre 28 de janeiro e 1º de fevereiro, em Florianópolis (SC), o Encontro Operacional do Grupo de Enfrentamento aos Crimes Ambientais da PRF (GECAM). Entre os temas debatidos pelos 23 participantes de vários Estados estava o combate ao tráfico de animais e à caça.

O objetivo do encontro foi programar as ações em defesa do meio ambiente a serem realizadas pela PRF em todo o Brasil, além de estágios, cursos e demais treinamentos na área de fiscalização ambiental no ano 2019. Foi decidido que os trabalhos de fiscalização serão concentrados em coibir o transporte ilegal de produtos florestais, de minérios e de pescados e a captura e o tráfico de animais silvestres.  As emissões de gases poluentes por veículos automotores também serão alvo de intensa verificação dos agentes.

Na temática de combate ao tráfico de animais, a PRF realizará operações em todos os biomas do Brasil e dar foco na fiscalização de ônibus nas linhas interestaduais de caçadores legalizados (com autorização do Ibama para o abate do javali), pois cresce o número de denúncias de irregularidades contra os praticantes dessa atividade.

Policiais rodoviários se encontraram com representantes do ICMBio para planejar ações conjuntasDurante o encontro, também foi definido que serão realizadas ações integradas com órgãos ambientais, como o Ibama, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), as secretarias estaduais de Meio Ambiente e as Polícias Militares Ambientais. Os policiais tiveram a oportunidade de visitar a unidade do ICMBio no bairro de Canasvieiras, em Florianópolis (SC), onde funcionam as sedes administrativas da Estação Ecológica de Carijós, da Área de Proteção Ambiental Anhatomirim e da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo. Os representates das duas entidades discutiram parcerias para a atuação em unidades de conservação e em rodovias federais para reduzir o desmatamento ilegal, tráfico de fauna e a caça.

O GECAM da Polícia Rodoviária Federal foi criado em 2014 vinculado à Coordenação do Comando de Operações Especializadas e de Fronteira. A intenção do grupo é promover a articulação com os demais órgãos de segurança pública e proteção social para o intercâmbio de informações e ações integradas de combate à criminalidade, assim como gerenciar e supervisionar as atividades de prevenção e repressão aos crimes ambientais no âmbito da PRF.

Postado por Dimas Marques às 22:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados