Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Quarta-Feira, 22 DE Maio DE 2019

93% dos brasileiros são contra a caça, revela pesquisa WWF-Brasil/Ibope

Os brasileiros não querem esse tipo de esporte. Na foto, caçadores investigados em ação da Polícia Federal no Acre

Por Dimas Marques
Editor responsável pelo Fauna News
dimasmarques@faunanews.com.br

Pesquisa encomendada pela ONG WWF-Brasil ao Ibope constata que 93% dos entrevistados são contra a autorização da caça no país. Os dados desse trabalho foram divulgados hoje, dia internacional da biodiversidade, durante ato na Câmara dos Deputados contra cinco projetos de lei pró-caça que tramitam no parlamento. Mais de duas mil pessoas de 142 municípios foram entrevistadas entre os dias 21 e 26 de junho de 2018.

O Ibope fez a seguinte pergunta para 2.002 pessoas (957 homens e 1.045 mulheres): “Você concorda com a ideia de autorizar a caça de animais no Brasil?”. Do total de entrevistados, 93% se manifestaram contra, 6% disseram concordar e 1% não soube ou não quis responder.

A margem de erro máxima estimada é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

A grande rejeição à caça não é um fenômeno localizado e foi constatada em todas as regiões do Brasil. No Sudeste, 94% dos entrevistados se manifestaram contra a autorização. Foi a maior rejeição do país. Em seguida estão a região Sul (93%), as Norte e Centro-Oeste (92%) e a Nordeste (91%).

O Ibope identificou que a opinião contrária a autorização da caça nas capitais dos Estados e nos municípios de periferia de grandes centros urbanos é de 95%. No interior, 91%. 
Entre as mulheres, a rejeição é maior, chegando a 95% das entrevistadas. No universo masculino, 90% não concordam com a ideia.

De acordo com a pesquisa, a rejeição à caça aumenta quanto mais alto for o nível de instrução. Entre os entrevistados estudaram até a quarta série do ensino fundamental, 90% são contra. Já, entre os que cursaram entre a 5ª e a 8ª série e o ensino médio, a posição contrária à caça chega a 93%. A discordância sobre a autorização da caça para quem tem curso superior completo é de 94%.

O Ibope também mapeou os resultados de acordo com a renda familiar. E o resultado também foi maciçamente contrário à caça: 91% nas famílias que ganham até um salário mínimo, 93% entre um e cinco salários mínimos e 90% no grupo das que ganham mais de cinco salários.

“Vê-se, portanto, que quase a totalidade da população brasileira, em todos os extratos sociais, econômicos, regionais e de gênero são contra a ideia da liberação da caça no Brasil, dado que já seria suficiente para sepultar de vez qualquer tentativa nesse sentido”, destaca o texto do manifesto SOCIEDADE REAGE: NÃO À LIBERAÇÃO DA CAÇA NO BRASIL!, que contém dados da pesquisa e foi entregue hoje aos integrantes da Frente Parlamentar Ambientalista, da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos dos Animais e da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável que participaram do ato em Brasília.

Manifesto
O manifesto foi organizado pelo coletivo de ambientalistas Aliança Pró Biodiversidade e pela ONG paranaense Mater Natura, com apoio do Fauna News, do Movimento Todos Contra a Caça, da Rede de ONGs da Mata Atlântica e do WWF-Brasil. O documento, que contém argumentos técnicos contrários aos cinco projetos de lei pró-caça em tramitação na Câmara dos Deputados, tem 824 assinaturas: 35 de redes e coletivos, 288 de ONGs, 399 de técnicos e pesquisadores, 70 de artistas e 32 de políticos.

LEIA TAMBÉM:
- Manifesto contra PLs pró-caça é entregue na Câmara dos Deputados
- Abaixo-assinado contra PLs pró-caça chega a 460 mil adesões

Postado por Dimas Marques às 10:30

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados