Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Terça-Feira, 17 DE Dezembro DE 2019

NA LINHA DE FRENTE - Cadê os apps para auxiliar no combate ao tráfico de fauna?

Será que ninguem ainda criou um aplicativo que ajude a combater o tráfico de fauna?

Por Paulo Henrique Demarchi
Formado em Administração e pós-graduado em Gestão Ambiental. É instrutor de Fiscalização Ambiental da Polícia Rodoviária Federal e membro do Grupo de Enfrentamento aos Crimes Ambientais da corporação
nalinhadefrente@faunanews.com.br

Constantemente, questiono a participação da sociedade, organizada ou não, no combate ao tráfico de animais e na conservação da vida selvagem no Brasil e no mundo. Sabemos que apenas os órgãos públicos são insuficiente para a quantidade de trabalho a ser feito.

Venho percebendo que os apps, essas novas ferramentas para auxiliar a sociedade em absolutamente tudo, estão entrando fortemente nas ONGs, órgãos públicos e para atividades sem fins lucrativos em geral. Há alguns meses, precisei de um aplicativo para aprender a dar alguns nós e fiquei assustado com a quantidade de apps disponíveis, gratuitos ou não. Mais recentemente, pesquisei outro aplicativo para informações turísticas e novamente me espantei com a quantidade de ferramentas que apareceram.

Como sou fã de tecnologia e possuo 27 aplicativos unicamente para auxiliar no trabalho policial, percebi que eu não tinha nenhum para ajudar a combater o tráfico de animais. Imediatamente, fui ao smartphone verificar as dezenas de opções que imaginei estarem disponíveis e, para minha surpresa, quase não encontrei nada e o pouco que encontrei estava muito fora do cerne da questão.

Imediatamente, me chamou a atenção a falta de ferramentas na área. As grandes ONGs, instituições públicas e pessoas comprometidas com a causa não investiram nesse novo segmento. Porém, existe uma outra face dessa questão que é o quanto ainda podemos crescer para conscientizar a sociedade e dar a possibilidade de pessoas comuns e agentes públicos participarem do combate ao tráfico de animais no Brasil e do mundo.

Aplicativos para identificar animais silvestres, para fazer denúncias que serão devidamente tratadas e encaminhadas aos órgãos adequados ou ainda aplicativos para auxiliar no tratamento de animais silvestres encontrados. As possibilidades são enormes e, com certeza, serão de grande importância para a natureza.

Gostaria que a grande rede de pessoas envolvidas no combate ao tráfico de fauna e na conservação da vida selvagem olhasse para o universo dos aplicativos, pois esse tipo de ferramenta consegue facilmente alcançar milhões de usuários de todas as esferas possíveis. Podemos conectar ONGs especializadas com pessoas que podem ajudar; agentes públicos com informações importantes e quem quer fazer algo com quem precisa de uma ajuda.

Postado por Dimas Marques às 18:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados