Fauna News

Buscar

banner_20-08-2014.gif

Quinta-Feira, 23 DE Janeiro DE 2020

NA LINHA DE FRENTE - Caminhoneiros, os novos protetores dos animais nas estradas

Imagem do vídeo feito pelo caminhoneiro Caio Giovani Zolinger Borges, que ajudou o tatu

Por Paulo Henrique Demarchi
Formado em Administração e pós-graduado em Gestão Ambiental. É instrutor de Fiscalização Ambiental da Polícia Rodoviária Federal e membro do Grupo de Enfrentamento aos Crimes Ambientais da corporação
nalinhadefrente@faunanews.com.br

Já é amplamente conhecido que o atropelamento de animais silvestres nas rodovias é um dos principais fatores de redução de fauna silvestre no Brasil. Muitos estudos dizem, inclusive, que é o principal motivo, superando o tráfico e a caça ilegal.

Porém, ultimamente, estamos observando nas redes sociais diversos vídeos de caminhoneiros que rodam por todo país em atitudes muito nobres para a causa ambiental. São dezenas de registros de resgates de animais atropelados, de auxílios contra fogo nas margens das rodovias e de apoios a animais com sede e que desejam atravessar as estradas.

Essa conscientização da categoria é algo muito importante, pois são centenas de milhares de motoristas pelo Brasil que estão sempre viajando pelas rodovias. Esses vídeos possuem milhares de visualizações - alguns até com milhões -, sempre com mensagens de apoio e exaltando a nobre atitude do irmão caminhoneiro.

Acredito que são dezenas de motivos que trouxeram definitivamente a categoria para o lado do bem e da conservação. Entre eles, vale ressaltar as ações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), das concessionárias de rodovias e, principalmente, das repercussões positivas nas redes sociais das primeiras ações registradas e divulgadas pelos caminhoneiros.

Vale lembrar que a PRF mantinha uma fiscalização muito elevada nos veículos de carga, visando combater o tráfico de animais silvestres, que era muito comum nas boleias dos caminhões. Porém, a estatística mostra que os flagrantes desse tipo de crime está migrando para veículos de passeio especializados na modalidade e abandonando o estradeiro como opção logística.

Deixo aqui registrado um forte apoio a todos os caminhoneiros que se tornaram um braço de apoio à vida nas rodovias pelo Brasil. Também é importante lembrar que não se deve manejar diretamente animais silvestres, pois existe risco de animal e caminhoneiro se machucarem. A PRF está sempre pronta para apoiar no que for preciso.

Postado por Dimas Marques às 13:00

Deixe seu comentário

comentários por Disqus

Artigos relacionados